10 motivos para conhecer Buenos Aires

0
buenos aires

Foto: reprodução

Sabe aquela velha opinião formada sobre tudo história entre brasileiro e argentino, de que um não gosta do outro? Então, isso só acontece no futebol (Sim, a pergunta sobre quem é melhor “Pelé ou Maradona? ”, só mudou para “Neymar ou Messi?”). De uma forma geral, os brasileiros são muito bem aceitos na terra dos hermanos. Os brasileiros são queridos aqui. É evidente que, como em qualquer lugar do mundo, você pode passar por uma situação ruim, difícil ou inusitada, mas é difícil sofrer o preconceito que algumas pessoas ainda acham que existe. Tudo não passa de uma rixa futebolística, como poderia ser entre um torcedor do Flamengo e um do Fluminense, por exemplo. Bom, mas, já que essa rixa não existe, vamos falar do que interessa. Eis aqui 10 motivos pelo qual você deve conhecer “La Ciudad de la Furia”.

1. A EUROPA DA AMÉRICA LATINA

buenos aires

Foto: reprodução

Que a Argentina tem muito da Europa isso ninguém nega e, atualmente, até no que se refere a crise a coisa está igual. A arquitetura da cidade faz você lembrar do velho continente, ainda que nunca tenha estado lá. Sejam os cafés da linda Avenida de Mayo, as edificações da Avenida Corrientes, as praças que existem por toda a cidade de Buenos Aires ou as ruas do antigo bairro de San Telmo, com certeza, é um maravilhoso convite para encher os olhos com tanta beleza local

2. NINGUÉM SE IMPORTA

buenos aires

Foto: reprodução

Muita hora nessa calma. Não vamos para o outro extremo. O que acontece na Capital Argentina é que as pessoas realmente não se importam muito com o que você está fazendo. Claro que não é por conta disso que você vai fazer o que der na telha, mas sabe aquela coisa que as pessoas, às vezes, se limitam no Brasil por se preocupar com o que as outras pessoas irão pensar? Aqui, isso não passa nem perto. Se você estiver dentro do que é permitido por lei, elas, simplesmente, nem irão notar sua presença. Ah, isso sem contar que, se você é LGBT, pode visitar a cidade sem se preocupar com preconceitos idiotas e se quiser, pode até se casar. Eles só pedem que sua estadia mínima seja de cinco dias. Se vier para se casar, aproveite para passar a lua-de-mel aqui, não irá se arrepender!

3. LA NOCHE PORTEÑA (BALADAS PARA QUE TE QUERO!)

buenos aires

Foto: reprodução

Como toda grande metrópole, Buenos Aires não dorme. Quase. Não é 100% verdade, mas a noite portenha pode ser bem agitada se você souber onde visitar de acordo o dia da semana. Apesar de estar bem próximo do nosso país, Buenos Aires é outro país e tem outra cultura, portanto, saiba que aqui nós saímos tarde. Sim, se você chegar na balada à meia-noite, provavelmente você ajude a arrumar o recinto. A balada começa a pegar por volta das 3 da manhã. Mas, se esse não é o seu estilo de vida, não se preocupa, no centro existem vários barzinhos para aproveitar o happy hour, que começa por volta das 18h e dura até a meia noite. Se não quiser brindar no clássico “saúde”, pode dizer “Arriba, abajo, al centro, pa’dentro!”.

4. TANGO

buenos aires

Foto: reprodução

O tango está para a Argentina como o carnaval está para o Brasil. Mas, diferentemente do que pensam os argentinos, aqui você encontra alguns casais dançando tango pela rua. É óbvio que isso só acontece nos pontos turísticos, como Calle Florida, Caminito, San Telmo e outros. Agora, se você quiser investir um pouco mais para ver algum show de tango, vale a pena. Existem diversas casas de show na cidade para ver tangos e milongas.

5. LIVRARIAS (MUUUUIIIITTTAAAASSSS)

buenos aires

Foto: reprodução

Eis um ponto onde o argentino ganha de lavada do brasileiro, cultura. O argentino é um povo mais culto que o brasileiro e é bem provável que ele saiba mais de toda a América Latina, por exemplo, do que você. Seja “culpa” do idioma, ou não. Isso se deve ao fato de que o argentino lê bastante. Não é à toa, Buenos Aires é a cidade com mais livrarias por habitante em todo o mundo. São 25 livrarias para 100 mil habitantes. Encontrar pessoas lendo um livro em uma praça não é algo incomum, como seria em terras brasilis.

6. PAPA FRANCISCO

buenos aires

Foto: reprodução

Seja você católico ou não, você há de convir que o “Papa é Pop”, como dizem os Engenheiros do Hawaii. E a cidade já se preparou para o caso de que você queira conhecer mais sobre o Papa Francisco. Existe um circuito Papal, passando pelos bairros de Flores, Monserrat e termina na Catedral, local onde celebrou missa por mais de 20 anos. Tudo isso para você ficar por dentro da vida desse sacerdote.

7. COMPRAS

buenos aires

Foto: reprodução

Se você é o tipo de turista que gosta de viajar e comprar, mas comprar muito, vai gostar de visitar Buenos Aires. O lugar mais conhecido pelos visitantes é a Calle Florida, mas existem uma série de lugares, onde você pode comprar e, em alguns casos, pagar bem mais barato em comparação ao Brasil. Existem alguns outlets pela cidade que você deve visitar, mas não fique nos mais conhecidos. Alguns estão bem escondidos dos turistas. Investigue. Um outlet bacana e não tão divulgado é o de Palermo Viejo / Villa Crespo. Embora, já haja mais turistas que antes, ainda é uma alternativa aos pontos de compras mais badalados da cidade. Ah, isso sem mencionar que em Palermo existem feiras de moda a céu aberto!

8. ARTES

buenos aires

Foto: reprodução

Lembra que eu disse que o argentino é mais culto que o brasileiro? Entramos novamente no mesmo barco. A cidade está repleta de museus, teatros e casas de shows, sejam pequenas ou gigantescas. Não existe forma do seu passeio cair na monotonia. Segundo pesquisas, La Ciudad de la Furia é a quarta cidade do mundo com a maior quantidade de teatros. O mais cobiçado é o Teatro Colón, localizado na Calle Cerrito (marginal da Av. 9 de Julho) entre as ruas Viamonte e Tucumán. Quanto aos museus, existem de todos os tipos: nacional, internacional, de futebol, de sapatos, de roupas, de moedas, etc. Caminhando pela cidade, você ainda encontra muita arte de rua, sobretudo no bairro de Palermo.

9. NATUREZA

buenos aires

Foto: reprodução

Buenos Aires é uma cidade verde. Apesar de todo o seu tamanho, existem infinitas praças, uma reserva ecológica com vista para a Bacia do Prata, os bosques de Palermo, e muitos parques. Não existe desculpa para não entrar em contato com o verde. Ah, eles também têm o costume de se deitar sobre a grama de suas praças, então, caso você os veja, não estranhe, é supernormal. Aproveite que está liberado e deite também. Quando chega o verão, é comum ver as pessoas tomando sol como se estivessem em praias, mas estão em parques e praças.

10. CÂMBIO $$$

buenos aires

Foto: reprodução

Por último, mas não menos importante, está o valor do real. Sim, para algumas pessoas isso pode ser uma trava para viajar. O valor atual do Real oficial é, aproximadamente, $2,50. Mas se você quiser trocar no paralelo – deixamos claro que isso não é legal, portanto, faça por sua conta e risco – pode chegar até a $4 ou mais. Além de ser uma prática ilegal, a cidade de Buenos Aires tem a fama de passar muita nota falsa. Às vezes, é melhor “perder” e garantir o seu dinheiro a tentar ganhar e perder tudo. Pense bem.

 

Essas são algumas razões pela qual você deve conhecer La Ciudad de la Furia, mas não se preocupe, mais posts falando sobre a Buenos Aires estão por vir.

Até lá, seja onde esse lá for!

O que achou? Conta aqui pra gente :)

Compartilhe:

Sobre o autor

Marcinho

“Já morei em tanta casa que nem me lembro mais”. Me joguei no mundo e faço o melhor que posso para estar tranquilo e ser feliz. “La ciudad de la fúria” será um guia alternativo para que você conheça Buenos Aires e não somente os pontos turísiticos. E aí, está esperando o quê para embarcar nessa viagem?