As tradições natalinas na Alemanha

0
Foto: Allane Milliane

Foto: Allane Milliane

Onde quer que o Natal seja comemorado – sim, porque sabemos que em muitos países essa data não é comemorada assim como no Brasil – existem tradições diferentes e únicas daquele lugar ou região. Aqui na Alemanha, o Natal é sim comemorado, mas existem costumes que diferem não só do Brasil como mesmo de outros países Europeus.

Para começo de história, aqui na Alemanha – principalmente na Bavária – não existe Papai Noel – como assim? – pois é, não se iluda, o correspondente ao bom velhinho é chamado de Christkind, ou traduzindo para o português “Menino Jesus”. É ele quem traz os presentes para as crianças, não de trenó com suas renas, mas batendo de porta em porta. Mas calma, o bom e velho Noel ainda é encontrado por aí, mas quem manda no pedaço não é ele.

Similar ao Brasil, aqui o costume também é de uma ceia de Natal no dia 24, troca de presentes e tudo mais. No entanto, a tradição não é jantar peru, e sim pato. Peru eles deixam para o Ano Novo, acreditam? Para os supersticiosos, não se admirem se o jantar do Réveillon for peru.

Há duas tradições que sou particularmente apaixonada, uma são os mercadinhos de Natal com todas as suas comidinhas gostosas, vinho quente e decorações lindas que parecem conto de fadas. Eles começam sempre no último final de semana de Novembro e vão até o dia 23 de Dezembro, pois é, dia 24 já não tem mais.

Foto: Allane Milliane

Foto: Allane Milliane

A outra tradição que adoro, são os calendários de Natal. Já entre Outubro e Novembro eles começam a serem vendidos nos supermercados, marcas como Milka, Kinder, Lindt e esse ano até a Coca-Cola, fazem seus calendários tradicionais, chamados de Adventskalender, ou Calendário do Advento. Esses são enumerados do dia 1° de Dezembro até dia 24, e todos os dias você abre uma portinha e encontra um presente.

Tais calendários também podem ser feitos por você mesmo, muitas lojas vendem somente espaços para guardar os presentinhos de sua escolha, eles podem ser trenzinhos, pacotinhos, saquinhos, etc. Outros são de Whisky, cerveja, produtos de beleza e muito mais. É uma tradição bem popular aqui e todo mundo adora, seja criança ou adulto.

Mas, aqui tem algo que acho super estranho, uma tradição que me recuso a adotar: o normal aqui na Bavária é montar a árvore de Natal em casa somente no dia 24 de Dezembro. Estranho mesmo não é? Bom, mas casada com um alemão tivemos que fazer um acordo, e a decisão foi montar sempre no primeiro final de semana de Dezembro. Ufa!

Foto: Allane Milliane

Foto: Allane Milliane

Por outro lado, adotei a tradição de acender as 4 velas do Adventzkranz – normalmente uma coroa de plantas com 4 velas vermelhas – as quais são acesas nos 4 Domingos antecedentes ao Natal, uma por uma.

Adventskranz. Foto: Allane Milliane

Adventskranz. Foto: Allane Milliane

E claro, as comidinhas, porque não dá para faltar. Essa é a época de comer muito chocolate – talvez até mais do que na Páscoa – amêndoas caramelizadas (Gebrannte Mandeln) vinho quente (Glühwein), biscoitos de gengibre, bolos e tortas com sabores de maçã, canela ou cereja, frutas e mashmallows cobertos com chocolates, e os tradicionais biscoitinhos de Natal (Plätzchen) principalmente feitos em casa. Como não ganhar uns quilinhos a mais nessa época?

Foto: Allane Milliane

Foto: Allane Milliane

Aqui em Munique percebo que tem duas épocas do ano em que a cidade “acorda”, no verão claro, e durante o mês de Dezembro. Em pleno Domingo às 9 horas da noite os mercadinhos de Natal estão cheios, e é assim praticamente todos os dias até dia 23 de Dezembro. Depois disso tem o longo feriado, dia 24 tudo já fecha cedo, dia 25 e 26 tudo é fechado, inclusive supermercados. Melhor já estocar a comida na geladeira.

Onde quer que estejam um Feliz Natal! Frohe Weihnachten!

O que achou? Conta aqui pra gente :)

Compartilhe:

Sobre o autor

Allane Milliane

Apaixonada por viajar, mergulhar e por Fórmula 1, adora ler um bom livro, não dispensa uma taça de vinho e um macaron. Não se cansa de observar a cultura alemã e conta tudinho sobre suas viagens e sua vida na Alemanha no seu blog Packing my Suitcase, e a partir de agora também aqui no Mundo Plot.