Acampando em Paranapiacaba

0

Antes de falarmos especificamente do Camping, bora para uma breve contextualização sobre a cidade Paranapiacaba:

Paranapiacaba é um distrito do município de Santo André, no estado de São Paulo. Tem uma paisagem bucólica e romântica que nos faz sentir como se estivéssemos em uma novela das seis… A neblina intensa confunde e encanta a visão, mas a beleza não é o único atrativo! Um outro ponto muito positivo de Paranapiacaba é a localização! Partindo da cidade de São Paulo  é muito simples (e barato) chegar na Vila! Basta ir até a estação Brás e embarcar na Linha 10 Turquesa da CPTM sentido Rio Grande da Serra (R$ 3,80). Descendo na última estação da linha, encontrará com facilidade um ônibus com tarifa de  R$ 4,00 com destino a Vila Paranapiacaba! Embarque e em 30min chegará ao seu destino!  <3

A cidade conta com a Estação Alto da Serra devidamente restaurada, de onde soam as badaladas do relógio erguido em 1898. Ali também funciona o Museu do Sistema Funicular, que abriga trens da São Paulo Railway Company e vagões que utilizados no período imperial para transportar D. Pedro II.  Outro ponto turístico é Museu Castelo, construção de 1897, o local foi moradia do engenheiro chefe da vila, Frederic Mens. Sua localização tem uma justificativa: do alto, ele controlava todo o funcionamento da ferrovia e também o trabalho dos operários no pátio de manobras.  Atualmente, o lugar guarda móveis antigos, fotos, documentos e um pequeno acervo de equipamentos ferroviários.  A cidade ainda conta o Festival de Inverno e o Festival do Cambuci que acontecem em datas específicas.

Agora sobre o Camping:

O que realmente nos levou até Paranapiacaba mesmo não foi nenhuma dessas atrações, mas sim o Camping  Simplão de Tudo que fica a 8km dentro da Vila Paranapiacaba. É o Camping mais famoso e queridinho da região, que além da área verde conta com  2 nascentes em seu território – a água é beeem gelada, mas isso não nos espantou –

Começando a trilha

|Começando a trilha|

Para chegar lá é possível pegar um táxi que o próprio Camping oferece e que tem como preço fixo 10 reais por pessoa, ou então encarar a trilha de 3 horas até lá, foi isso o que fizemos! Embora desgastante foi incrível, primeiro porque a paisagem é realmente linda, depois porque uma caminhada silenciosa de 3 horas no meio do nada te faz pensar sobre muita cooooisa e pensar é muito importante  e, por último, como fez questão de dizer um dos nossos amigos “a dificuldade engrandece  a conquista” e de fato, chegar ao Camping depois de andar taaaaanto gerou realmente uma sensação muito boa!

No trajeto, obviamente não há banheiro, água ou qualquer tipo de estrutura, então além de estar com vontade é preciso estar preparado. Chegando ao Simplão de Tudo nos deparamos com um pessoal bastante receptivo, animado e um pouquinho desorganizado, mas nada que tenha  sido crucial para nossa estadia.

Camping Simplão de Tudo

|Camping Simplão de Tudo|

No Camping, você não pode nem deve esperar requinte, entretanto há o mínimo de conforto sim, chuveiros quentes cozinha coletiva com fogão a lenha e há quartos para quem não curte barraca, nos curtimos! Lá, eles vendem algumas coisinhas, mas só algumas coisinha mesmo,  como salgados (R$ 4,00), Café (R$ 2,00)  garrafa de catuaba (R$ 20, 00) e outras tranqueiras.

Camping Simplão de tudo

|Camping Simplão de tudo|

No final de semana que fomos (09 a 11/09) estava rolando um festival de rock no Camping, o que deixou tudo muito mais legal. O interessante é que os três dias lá, com os show inclusos, custaram ao todo só 40 reais por pessoa, consideramos um valor bem ok!

A experiência foi ótima, lá não tem sinal nenhum de celular o que é ótimo para se desconectar, toca música o tempo todo e o que mais ouvimos foi Beatles que, convenhamos, não é  nada mal!

Um dos shows que rolaram sábado a noite

|Um dos shows que rolaram sábado a noite|

Recomendamos super a visita, mas é necessário ir com a cabeça aberta e o coração também para não estranhar os costumes de quem gosta de viajar em todos os sentidos, para não se irritar com os pernilongos e, principalmente, para sentir toda positividade que estar no meio do mato proporciona o/

Esse videozinho amador é uma tentativa de transmitir a vibe do local! Para voltar, pegamos o táxi que o Camping oferece e ganhamos um tempinho extra!

 

O que achou? Conta aqui pra gente :)

Compartilhe:

Sobre o autor

Hadassa Paravizo

Graduanda em Lazer e Turismo pela EACH - USP