Tão longe é aqui

0

Sexta-feira (28/10) às 19h no Sesc Consolação rolou a exibição do filme “Tão longe é aqui” seguida por um bate papo com a diretora e roteirista Eliza Capai. A exibição do filme faz parte do Festival de Turismo: Mulheres no mapa promovido pelo Sesc.

– É. Foi isso, mas não foi isso.  Acaba que tudo é sempre mais quando estamos dispostos a permitir que seja (e temos a sorte de apostar no programa certo!). –

Fui para o Sesc Consolação assistir ao filme correndo e com o leve receio de perder a sessão, afinal, enrolei muito para decidir se ia ou não. Sabe aquela preguicinha? Então, me fez companhia a tarde toda, mas num estalo levantei, mandei-a embora e segurei na mão de uma companhia melhor ainda.

Descendo na estação República, caminhei por 10 minutinhos e cheguei! Retirei o ingresso gratuitamente e esperei que as luzes se apagassem. Minhas expectativas estavam baseada na sinopse que a própria página disponibiliza:

“A partir de memórias guardadas de uma longa viagem, uma carta é enviada para o futuro. Sozinha, longe de casa e às vésperas de completar 30 anos, uma brasileira parte em uma jornada pela África. Na carta para sua filha, ela conta dos encontros com mulheres que vivem em suas culturas e tempos. Um diário, um road movie e um convite a todas as pessoas que lideram seus próprios caminhos.”

Será que elas seriam  seriam atendidas? Depois de aproximadamente 1h30 começaram subir os créditos e eu tinha a resposta: SIM! O filme atendeu  e superou às expectativas. Cativante. Sensível. Reflexivo. Pelo modo que foi gravado, editado, pensado e principalmente pelo o que nos pode fazer pensar. Com uma narração tranquila, depoimentos fortes e paisagens tortas é construído um relato de uma viagem que nos faz querer viajar, verdadeiramente. Um convite ao turismo não plástico, diria.

O bate papo foi ainda melhor, questões sobre identidade cultural foram levantadas e discutidas com muita delicadeza, assim como curiosidades sobre o processo criativo da diretora e seus próximos trabalhos, que recomendo muito que conheçam!

Ingresso e programação

Essa postagem, em suma, é para registrar que 1- vale a pena sair do sofá mesmo em dias que o sofá está irresistível 2-mas vale a pena ficar no sofá também se for para assistir “Tão longe é aqui” :)  Um lembrete: O festival de Turismo do Sesc acaba dia 6/11! Aproveitem o tempinho que resta.

Quer dica de mais filmes sobre viagens e turismo, clique aqui!

O que achou? Conta aqui pra gente :)

Compartilhe:

Sobre o autor

Hadassa Paravizo

Graduanda em Lazer e Turismo pela EACH - USP