O que fazer em Viena

0

Passado as apresentações, vamos falar do que interessa? Vamos falar da cidade mágica de Viena, terra por onde brilharam muitos dos maiores nomes da música internacional, terra das óperas magníficas, palácios bem conservados e centro refinado. Uma cidade com muito a oferecer a todos, e ao seu turista não poderia ser diferente. Vamos ver o que fazer em Viena?

E por esse lado que começarei, vamos falar da cidade para turistas. E o motivo desse primeiro post com esse foco é bem simples: é o que eu sei por enquanto. Claro, após 2 meses vivendo por aqui, começo a entender mais e mais do que é ser um Wiener, mas a parte turística eu já domino mais. Além disso, imagino que aos que acompanham esta coluna, esta deve ser a informação mais útil, portanto, por que segurá-la?

Definitivamente, Viena é uma das cidades mais complicadas para ser definir quanto tempo se passar, se gostar de entrar em museus, apreciar com calma, passear pela cidade, vale passar até 1 mês que você não vai se cansar. Mas, em geral, em uma viagem express, de 3-5 dias é um tempo suficiente para ver bastante do que ela pode te oferecer.

O que fazer em Viena

Rathaus, emoldurado pelas árvores do Volksgarten | Foto: Lucas Alencar

Ao chegar aqui, espere uma cidade tradicional e moderna, simultaneamente. Jamais deixaria de guardar um dia para andar pelo centro, andar por volta da Ringstrasse (que limita o bairro central de Viena), entrar pelas ruas até chegar a famosa catedral de viena, Stephansdom. Durante a caminhada, fazer paradas em Würstelstand, quiosques tradicionais que podem ser encontrados em muitos pontos da cidade, e comer uma deliciosa Käsekrainer, especialidade aqui de Viena, que nada mais é do que uma deliciosa salsicha alemã com queijo derretido dentro. Outra tradição local: os Kaffeehäuser, com deliciosas opções de café, drinks quentes e seus deliciosos bolos e tortas, com destaque para a Sachertorte, imperdível torta de chocolate com damasco. No centro, existe as paradas obrigatórias, mas algumas menos conhecidas, como o Winterpalais (palácio usado como residência de inverno Habsburgo), o Stadtpark, um lindo parque na Ringstrasse, a antiga Universidade de Viena com seu encantador prédio (que pode ser visitado por turistas!). Além disso, aos que viajam em Budget limitado, mas que querem aproveitar ao máximo: o Rathaus (Prefeitura) é gratuito para realizar tours, só há de conferir o dia em seu site. Outra dica: caminhe pela Heldenplatz até o Rathaus, o caminho é muito bonito.

O que fazer em Viena

Schloss Belvedere | Foto: Lucas Alencar

Além do seu centro, existem muitas outras atrações que são mais afastadas, como os palácios de Schönbrunn e Schloss Belvedere, dois dos pontos mais turísticos e bonitos da cidade. Para vê-lo completo, vai-se um dia para cada um, mas, novamente para quem tiver o budget limitado, vale a visita ao local: os jardins são lindos, ambos têm bonita vista de Viena e é de livre acesso! Quer mais história? O que não falta aqui são museus belíssimos, com belo conteúdo.

Mas nem só de história vive Viena, vive também de arte, de música. Eu nem sei ao certo quantos operas tem aqui, quantos locais para apresentações e coisas do gênero. Desde a Staatsoper ao Volkstheater, procure sabe a programação, ou, pelo menos, faça uma visita guiada. Artisticamente vale o destaque para as belas obras de Hundertwasser, com prédios muito interessantes e bonitos, vale a pena passar por eles.
Viena também é diversão, desde seus tradicionais pontos esportivos, como o Stadthalle e o Ernst Happel Stadion, até seus belos parques, como o Augarten e o Volkspark. Mas, sem dúvida alguma, o parque de destaque é o Prater, que é um parque gigantesco, lindo e que em uma das pontas tem um parque de diversão bem animado e com os tradicionais Biergärten servindo um belo de um Schnitzel. Além dos locais fixos, sempre tem alguma festa/evento acontecendo. Para se ter uma idéia: demorei 2 meses para ver a frente da Prefeitura, pois sempre tinha algum evento na frente.
Como pode-se ver, Viena tem coisa demais para fazer, isso porque não mencionei mais comidas, a vida noturna, os festivais, a ONU, etc… Mas muita calma, continue nos acompanhando que aos poucos iremos desvendando essa cidade impecável!

Tschau Baba!

O que achou? Conta aqui pra gente :)

Compartilhe:

Sobre o autor

Lucas Alencar

Recifense de nascimento, mas ainda procurando qual o seu lugar no mundo. Formado em Administração, abriu mão de Trainees e outros começos mais tradicionais no mercado de trabalho para estudar em Viena e seguir o seu sonho.